sábado, 31 de dezembro de 2011


"Dedico este final de ano a quem vai fazer o ano que vem. A pessoa que mesmo sabendo dos problemas do mundo, vai encontrar o momento de gênio e de inspiração.

A quem ignora o pessimismo e encontra a esperança dentro dele mesmo! A quem não fica esperando previsões astrológicas favoráveis! Que vai lá e faz! Transforma! Que muda!
 
Feliz Ano Novo a todos!
 
 

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Foi justamente quando resolvia seguir minha caminhada sozinho que alguém andava no mesmo sentido que eu. Ou pouco a frente...

Acelerei o passo e alcançei ela. Começamos a conversar e quando me dei conta, já haviamos caminhado algumas milhas e estávamos fazendo planos de ir para o mesmo destino...

Engraçado como as coisas acontecem...

Ah! A carona? Ela é inteligente, linda, moderna, culta, doce, mimada e tantos outros adjetivos que eu já não sei se estou falando dela ou de mim mesmo.
Infelizmente meu abraço vai demorar a chegar. Mas espero que ela saiba que não importa onde, nem como eu esteja, sempre estamos próximos das pessoas que amamos...

Sempre estarei próximo de você...



Foram suas palavras em 08/08/2007 - Saudades daquele tempo!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Sorri quando a dor te torturar

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Lições para 2012
Desapegar das pessoas; Se importar menos; Não se abalar; Correr atrás daquilo que faça seu coração vibrar; Ficar perto de quem te quer bem; Correr atrás dos seus sonhos; Se amar mais; Esquecer tudo aquilo que te faça mal.
"Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche."

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Não mude por ninguém, pois você nunca ira agradar a todos!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Que seja Leve
Que seja Doce
Que seja Amor
Que seja Eterno
Que seja Nosso
Que seja do jeito que for, mas que SEJA!
 Acordei com uma forte ressaca e do lado da cama tinha um copo d’água e duas aspirinas. Olhei em volta e vi minha roupa passada e pendurada. O quarto estava em perfeita ordem. Havia um bilhete de minha mulher: - Querido, deixei seu café pronto na cozinha. Fui ao supermercado. Bjs. Desci e encontrei uma mesa cheia, café esperando por mim. Perguntei à minha filha: - O que aconteceu ontem? - Bem, Pai,... você chegou às 3 da madrugada, completamente bêbado, vomitou no tapete da sala, quebrou móveis, urinou na cristaleira, fez estragos até chegar no quarto. - E por que está tudo arrumado, café preparado, roupa passada, aspirinas para a ressaca e um bilhete amoroso da sua mãe? - Bem, é que mamãe o arrastou até a cama e, quando ela estava tirando a sua calça, você gritou: NÃO FAÇA ISSO MOÇA, EU SOU CASADO E AMO MINHA ESPOSA!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Então delete, tudo aquilo que não valeu a pena. Quem mentiu, quem enganou seu coração, quem teve inveja, quem tentou destruir você, quem usou máscaras, quem te magoou, quem te usou e nunca chegou a saber quem realmente você é. - Caio F Abreu
Vive menina. Vive!
Porque o tempo cura, e traz pra vida da gente um motivo maior pra seguir. Acredite: O passado não tem volta, e nada dói pra sempre.
Por enquanto, minha vida me basta, com todas as dificuldades e obstáculos.
Por enquanto ando disponível somente para minha companhia.
Por enquanto estou ajeitando meu mundo e permitindo sentir
essa serenidade!
Cristiane Aguiar
"Se eu fosse fofa, meiga e sonsa, não teria metade dos meus problemas."

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Sim, tenho aprendido que bala trocada NÃO dói.

domingo, 18 de dezembro de 2011


“Esperar menos, não significa desistir.
Antes se surpreender, do que se decepcionar.”



Clarice Lispector
O que me faz falta é, na verdade, o cotidiano!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Do you miss me?
Do you miss me?
Do you miss me?


Well the last time I saw you were waving goodbye
from the back of the train with a tear in your eye
 
 

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

http://www.youtube.com/watch?v=sHEFJWs5g1U&feature=player_embedded#!
Eu só preciso de alguns abraços queridos, a companhia suave, bate-papos que me façam sorrir, algum nível de embriaguez e a sincronicidade...

Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Na "mulher interessante", a beleza é secundária, irrelevante e, mesmo, indesejáv...el. A beleza interessa nos primeiros quinze dias; e morre, em seguida, num insuportável tédio visual. Era preciso que alguém fosse, de mulher em mulher, anunciando: - "Ser bonita não interessa. Seja interessante!"
O teu silêncio não traz paz.
Conheço inúmeras pessoas que contam carneirinhos antes de adormecer. Eu só fecho os olhos, e conto SAUDADES
“Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem. Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém. Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto. Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem.”
Caio Fernando Abreu.

ah tá!
Mas o sorriso (...) ah, esse resistirá a todas as ciladas do tempo." (Caio Fernando Abreu)
Mas eu me recuso a descrer absolutamente de tudo, eu faço força para manter algumas esperanças acesas, como velas. Que 2012 seja doce. Repito sete vezes para dar sorte: que seja doce que seja doce que seja doce e assim por diante.
Que seja bom o que vier, pra você."
Caio Fernando Abreu

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

“O tempo faz a gente esquecer. Há pessoas que esquecem depressa. Outras apenas fingem que não se lembram mais”
Nós pregamos melhor aquilo que mais precisamos aprender. Martinho Lutero

domingo, 4 de dezembro de 2011

Se for pra perder
que seja o medo
Se for pra mentir
que seja a idade
Se for pra matar
que seja a saudade

Se for pra viver
que seja pra ficar pra sempre com você
Vai menina, fecha os olhos. Solta os cabelos. Joga a vida. Como quem não tem o que perder. Como quem não aposta. Como quem brinca somente. Vai, esquece do mundo. Molha os pés na poça. Mergulha no que te dá vontade. Que a vida não espera por você. Abraça o que te faz sorrir. Sonha que é de graça. Não espere. Promessas vão e vem. Planos, se desfazem. Regras, você as dita. Palavras, o vento leva. Distância, só existe pra quem quer. Sonhos se realizam, ou não. Os olhos se fecham um dia, pra sempre. E o que importa você sabe, menina. É o quão isso te faz sorrir. E só. Caio Fernando Abreu
Todo dia uma nova direção ou a falta de direção. Vou conquistando coisas que nem sei se quero, gastando a coragem que depois me falta pra correr atrás do que eu realmento procuro.
Verônica H.
A vida se aprende nas perdas. É perdendo a liberdade que a gente descobre que não se encaixa, é perdendo alguém que a gente descobre que não vale a pena lutar por futilidades, é perdendo o apoio que a gente descobre que o resto do mundo não para só porque nosso mundo parou. A gente vai aprendendo a viver assim, na marra, no grito, no sufoco, no impulso. Eu quis mudar o mundo, quis ser brilhante, quis ser reconhecido. Hoje eu quero bem pouco e prefiro me concentrar no agora do que planejar um futuro incerto
Veronica H.
Tenho saudade até das pequenas coisinhas. De ir dormir na sua casa e passar a madrugada conversando (…). De falar sobre nossos medos - que eram tão diferentes e tão parecidos - com conselhos e compreensões, com brigadeiro, hambúrguer, bacon ou qualquer outra coisa indigesta demais para as quatro da manhã. De você inventando histórias sobre como eu conheceria o homem da minha vida (e eu sempre te interrompia, porque você gostava de histórias em que eu era atropelada). De não ter que ir embora correndo no dia seguinte. Saudades de ficar na piscina e de você tirando mil fotos (…) Faz falta demais. Não só porque o tempo passou e nossas agendas parecem cheias demais, mas porque nós mudamos muito. Aquelas duas meninas já não existem. Elas não têm espaço nesse mundo sujo, só cabem na lembrança colorida e leve, nas brincadeiras que inventavamos outro dia pelas ruas da minha casa.
Verônica H.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Margone, Parabéns!

Um coração de ouro, mãos que suportariam todos os problemas que o mundo pode ter, uma força de leão a favor dos seus. Que seus dias sejam sempre iluminados para o bem, que seu desejo por melhorar o mundo NUNCA acabe, mesmo quando as pessoas dizem que não vai adiantar! Que seu coração continue tendo espaços para todos os amigos, familiares e animaizinhos carentes que estão ao seu redor precisando de afago...hehehe Que você fature cada vez mai$$$$$$$ para ter bolso para ajudar a quem precisar! Que tenha muita saúde para fazer suas obras para SEMPREE :D Amo Amo Amo (L) Loveis! PARABÉNSSSS! Simples, simples, mas de todo o meu coração gigante ;D

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

ELE anda cansado das baladas e dos casos furtivos sem sentimentos.
Aprendeu a gostar da própria companhia, sem precisar estar em uma turma de
amigos todos os sábados. Decidiu que quer um amor verdadeiro… que pode nem
ser eterno, mas que traga um sabor doce às suas manhãs, que seja a melhor
companhia para olhar a lua. Que ele possa exibir os seus dons na cozinha e
o seu conhecimento em vinhos, só para ela.
Quer uma mulher que ele reconheça pelo cheiro dos cabelos, pelo toque dos
dedos, pela gargalhada que vai ecoar pela casa transformando um domingo
sem graça, no melhor dia da semana. Quer viver uma paixão tranqüila e
turbulenta de desejos… quer ter para quem voltar depois de estar com os
amigos, sem precisar ficar “caçando” companhias vazias e encontros
efêmeros. Quer deitar no tapete da sala e ficar observando enquanto ela,
de short jeans, camiseta e um rabo de cavalo, lê um livro no sofá, quer
deitar na cama desejando que ela saia do banho com uma lingerie de tirar o
fôlego.
Quer brincar de guerra de travesseiros, até que o perdedor vá até a
cozinha pegar água. Quer o poder que nenhum dos seus super heróis da
infância tiveram… o poder de amar sem medo, sem perigo e sem ir embora no
dia seguinte.
Quer provar que pode fazer essa mulher feliz!

ELA quase deixou de acreditar que seria possível ter vontade de se
envolver novamente. Foram tantas dores, finais, recomeços e frustrações
que pensou em seguir sozinha para não mais se machucar. Então percebeu que
a vida de solteira já não está fazendo tanto sentido. Decidiu que quer um
amor verdadeiro… que pode nem ser eterno, mas que possa acordá-la com um
abraço que fará o seu dia feliz, quer um homem que ela possa cuidar e amar
sem receios de que está sendo enganada. Quer a alegria dos finais de
semana juntinhos, as expectativas dos planos construídos, o grito de “gol”
estremecendo a casa quando o time dele estiver ganhando… a cumplicidade em
dividir os segredos.
Quer observá-lo sem camisa, lendo o jornal na varanda… quer reclamar da
bagunça no banheiro, rindo e gritando quando ele revidar puxando-a para o
chuveiro, completamente vestida.
Quer a certeza de abrir a porta de casa e saber que mesmo ele não estando,
chegará a qualquer momento trazendo o brigadeiro da doceria que ela gosta
tanto. Quer beijar, cheirar, morder, beliscar e apertar para ter certeza
que a felicidade está ali mesmo… materializada nele.
Quer provar que pode fazer esse homem feliz!
Ainda que haja noite no coração, vale a pena sorrir para que haja estrelas na escuridão."

[Clarice Lispector]

;)

http://www.youtube.com/watch?v=PTBF_Oq9EgU&feature=share
Web Analytics