quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Ela vai mudar,
Vai gostar de coisas que ele nunca imaginou
Vai ficar feliz de ver que ele também mudou
Pelo jeito não descarta uma nova paixão
Mas espera que ele ligue a qualquer hora

Só pra conversar
E perguntar se é tarde pra ligar
Dizer que pensou nela
Estava com saudade
Mesmo sem ter esquecido que

Ele vai mudar,
Escolher um jeito novo de dizer "alô"
Vai ter medo de que um dia ela vá mudar
Que aprenda a esquecer sua velha paixão
Mas evita ir até o telefone

Para conversar
Pois é muito tarde pra ligar
Tem pensado nela
Estava com saudade
Mesmo sem ter esquecido que

É sempre amor, mesmo que acabe
Com ele aonde quer que esteja
É sempre amor, mesmo que mude
É sempre amor, mesmo que alguém esqueça o que passou

#Bide ou balde

Ligo o rádio do meu carro
E pego a estrada, nem sei pra onde eu vou
Ponho os óculos escuros
E deixo a mente apertar o acelerador

Essa noite eu quero festa
Eu quero rua, eu quero é me apaixonar
Meu romance é cem por hora
Alguém sozinho como eu pra poder falar

Me leva pra casa, me bota no colo
Me conta uma história e me fala de amor
Me leva pra casa, me pega no colo
Me conta uma história e mata de amor

Se você tinha os pés pequenos e adornados, procuro meninos com pés largos e assustadores. Se tinha pele morena e levemente dourada, trago para casa peles claras e rígidas. Se teu corpo cheirava um perfume natural agridoce e domiciliar logo de manhã, me relaciono com corpos azedos, destoantes e aglosaxônicos. (...). Me desvio de cada antigo detalhe seu em corpos novos. Texto: Caras como eu (adaptado)

A próxima vez que a gente se encontrar
Eu vou te dar um beijo, sem pensar, calado
A próxima vez que a gente se beijar
Eu vou querer o mundo com você, do lado

Por que não tentar comigo?
Por que querer ser seu... Amigo...
Amigo não...
Não há abrigo, não

A próxima vez que a gente se encontrar
Eu vou te abraçar
Vou chorar, vou morrer
Só pra te fazer sorrir...

Só pra te fazer sorrir...

Em duas palavras eu posso resumir tudo que aprendi sobre a vida:

´Ela continua´

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Talvez bastasse qualquer coisa,

como chegar muito perto de você,

passar a mão no teu cabelo e te chamar de amigo.

Ou sorrir, só sorrir.

Caio Fernando Abreu

É natural se perder de vez em quando,

só não desista de se encontrar.

Maria Paula Fraga

Certos desencontros torturam pela saudade. Outros, porém, só aumentam a vontade!

Cau Alexandre

Se a vida às vezes dá uns dias de segundos cinzas
e o tempo tic taca devagar
Põe o teu melhor vestido, brilha teu sorriso
Vem pra cá, vem pra cá
Se a vida muitas vezes só chuvisca, só garoa
e tudo não parece funcionar
Deixe esse problema a toa, pra ficar na boa
Vem pra cá

Do lado de cá, a vista é bonita
A maré é boa de provar
Do lado de cá, eu vivo tranquila
E o meu corpo dança sem parar
Do lado de cá tem música, amigos e alguém para amar
Do lado de cá

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Ah, se eu fizesse tudo que eu sonho.
Se eu não fosse assim tão tristonho
Não seria assim tão normal

Ah, se eu fizesse o que eu sempre quis,
Fosse um pouco mais feliz
Levantasse o meu astral

Ah ah ah ou ah, eu cantaria pra fazer sorriso
Eu perderia o meu juízo
Só por ser especial

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Então vamo aí, que eu tô pro que der e vier
Porque quando a gente junta você sabe como é
Eu tô aqui, pronto pra qualquer emoção,
'Cê faz bem pra minha mente, mas maltrata o coração
Ve-ve-vem comigo que eu te levo pro céu

Você deixou saudade
Quero te ver outra vez

Só os loucos sabem -

domingo, 26 de setembro de 2010

Tô com saudade de você
Na varanda em noite quente
E o arrepio frio
Que dá na gente
Truque do desejo
Guardo na boca
O gosto do beijo...

sábado, 25 de setembro de 2010

Mudaram as estações, nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu,
Tá tudo assim, tão diferente.

Você me pergunta
Pela minha paixão
Digo que estou encantada
Como uma nova invenção

Eu vou ficar nesta cidade
Não vou voltar pro sertão

Pois vejo vir vindo no vento
Cheiro de nova estação

Eu sei de tudo na ferida viva
Do meu coração...

Nós ainda somos
Os mesmos e vivemos

Ainda somos
Os mesmos e vivemos

Ainda somos
Os mesmos e vivemos

Como os nossos pais...

Saiba que o simples perfume de uma flor
Pode vir, e ser um grande amor na sua vida
Não gaste palavras pra viver
De iludir, os seus sonhos tão raros com mentiras
Não maltrate o coração,
Que dedicou, ao seu sorriso as suas batidas
Será livre pra sentir
Anseios de uma paixão, a ser uma história linda

Quando você encontrar a pessoa que merece o seu coração,

você vai entender porque as coisas não funcionaram

com todos os

outros.

Procuro um momento que dure uma vida!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Procuro evitar comparações
Entre flores e declarações!!!

Amanhã é 23
São 8 dias para o fim do mês
Faz tanto tempo
Que eu não te vejo
Queria o seu beijo
Outr
a vez...

Queria o seu beijo
Outra vez...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

"Se o mundo é mesmo parecido com o que vejo,

prefiro acreditar no mundo do meu jeito."

Renato Russo

Ligue, chame, escreva !

tem espaço na casa e no coração, só não se perca de mim.

Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Quem é você?
Que se esconde, atrás de um nome qualquer,
Não aparece pra mim,
Estende a mão,
Trazendo a chuva,
Tocando o som do trovão,
será que vamos saber?

Cidadão Quem

domingo, 19 de setembro de 2010





"Meu saco de ilusões, bem cheio tive-o. Com ele ia subindo a ladeira da vida.


E, no entretanto, após cada ilusão perdida...


Que extraordinária sensação de alívio!"




"Só quem se mostra se encontra, Mesmo que se perca pelo caminho." Cazuza


Mas te vejo e sinto

O brilho desse olhar

Que me acalma

Me traz força pra encarar tudo

sábado, 18 de setembro de 2010

Acho que foi um dia especial, daqueles de sempre, que se reúne depois das 10 para bater um bom papo e contar todas as mentiras dos outros e dos sentimentos aflorados. Um dia especial, daqueles que ficam sempre na memória, pedindo bis!

Por hoje é só
Vou deixar passar a tempestade
Talvez amanhã
Água pura e toda verdade

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Não faz diferença se você vem amanhã ou não vem. Desisti de esperar por alguém cuja ausência me faz companhia. Caio Fernando Abreu

Na minha memória - tão congestionada - e no meu coração - tão cheio de marcas e poços - você ocupa um dos lugares mais bonito. Caio Fernando Abreu

O pó se acumula todos os dias sobre as emoções.

Caio Fernando Abreu

Acontece porém
Que eu não sei me entregar
A um amor somente
Quando ando nas ruas
Fico só namorando
E olhando prá toda gente...

Coração ligado
Beat Acelerado...

Na infância... até dia de chuva era dia de soltar a alma e se jogar na lama sem receios.

Suzanne Leal

Lá fora ninguém vai te querer como eu te quero,
Eu tenho verdadeira paixão.
Ah como eu te quero...

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

As pessoas que amamos e admitimos,
os heróis que escolhemos,
os modelos que seguimos
dão a medida exata do que somos.

domingo, 12 de setembro de 2010

"Tenho dias lindos, mesmo quietinhos" CFA
É que vezenquando dá uma saudade na gente dessas coisas. São todas coisas simples. Meio bobas, muito bonitas.
Caio Fernando Abreu
Demore o tempo que precisar...você sabe onde me achar

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Chorava às vezes, rezava sempre. Pensava em fadas o tempo todo. E sem ninguém saber, em segredo, cada vez mais:
acreditava, acreditava.
CFA
Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas; minhas tristezas, absolutas. Me entupo de ausências, me esvazio de excessos. Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos.
Clarice Lispector

"Não importa se você está perto ou longe,
o que importa é que você existe para que eu possa sentir sua falta."
"Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo."
(José Saramago)

terça-feira, 7 de setembro de 2010

"Quanto mais me elevo, menor pareço aos olhos de quem não sabe voar." F. Nietzsche

Eu...

"Eu triste sou calada
Eu brava sou estúpida
Eu lúcida sou chata
Eu gata sou esperta
Eu cega sou vidente
Eu carente sou insana
Eu malandra sou fresca
Eu seca sou vazia
Eu fria sou distante
Eu quente sou oleosa
Eu prosa sou tantas
Eu santa sou gelada
Eu salgada sou crua
Eu pura sou tentada
Eu sentada sou alta
Eu jovem sou donzela
Eu bela sou fútil
Eu útil sou boa
Eu à toa sou tua.
Martha Medeiros
Comigo não tem meias palavras,
meios olhares, meios sentimentos,
meios amores, meia vingança.
Ou é tudo, ou é nada.
Web Analytics