quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Sexto Sentido





Tema: Sexto Sentido

Para bom entendedor, MEIA palavra Basta!

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Teoria!

Uma teoria que resume o final de semana;
Nunca se imagina o quanto pode ser divertido sair com as amigas.


1º É muito divertido e sempre será;
2º Reviver vivendo é a melhor forma de tomar descisões;
3º Pagar a conta de luz é bom, foi por pouco!
4º A Bel ta cada vez mais amada, acho que está me entendendo mais;
5º Alguém viu meu celular?
6º Como é bom dormir ao seu lado;
7º Vamos trabalhar!
8º Aniversário de alguém chegandoo! A Kéu Paga a FESTAA!

Meninas, Mulheres!

Uma honesta menina de sete anos admitiu calmamente a seus pais que Luis Miguel havia lhe dado um beijo depois da aula.
- 'E como aconteceu isso?' Perguntou a mãe assustada.
- 'Não foi fácil', admitiu a pequena senhorita, 'mas três meninas me ajudaram a segurá-lo'

Mulheres são tão "Terribles" quando querem!

terça-feira, 18 de agosto de 2009

V Maratona Fotográfica Escola de Artes de Chapecó.


V Maratona Fotográfica Escola de Artes de Chapecó.
O tema que mais gostei e que menos senti dificuldade: Tema 8º

"ME vejo no que vejo"

Gostei muito, tirando o cansaço e a falta de criatividade quando chega determinada hora do dia, mas tudo vale a pena. Adorei minha estadia, o que me ajudou também em alguns temas (risos).

Clarice Lispector II


É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo.
Clarice Lispector

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Esquecimento


Escutei uma musica que me marcou tanto alguém ou algum momento, mas o problema maior é que não lembro nem quem foi/ou o que foi e nem em que época foi. Me pergunto, será que marcou mesmo? Sei lá. É linda a Musica, mas como na minha vida tudo tem uma musica/melodia, vai ver que não foi tão importante.
Uma parte da música



Faz assim
Te dou meu telefone

Você me diz seu nome

E a gente então se vê

Modelo: Carolina Vencato

Meu Pior


Sou Egoísta
impaciente e um pouco insegura.
Cometo erros, sou um pouco fora do controle e as vezes dificil de lidar,
mas se você não sabe lidar com o meu pior
então com certeza você não merece o meu melhor!!

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Clarice Lispector


Sou como Você me Vê
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar.
Clarice Lispector



Foto: Carolina Vencato

No jogo, 0x0!

Sabe de uma coisa, empatei essa jogada, BABY! ;)
Mesmo que eu não goste "dessas coisas", a "devolução" foi na mesma moeda!
Já diziam que vingança é um prato que se come FRIO!
E no fim? Eu A-D-O-R-E-I!

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Música III

Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo...

E com os que erram
Feio e bastante
Que você consiga
Ser tolerante...

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero...

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar...

Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um
Você possa confiar
E que tenha até
Inimigos
Prá você não deixar
De duvidar...

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero...

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar...

Eu desejo!
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso
Viver também
E que você diga a ele
Pelo menos uma vez
Quem é mesmo
O dono de quem...

Eu desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar
Prá recomeçar...

Frejat - Amor pra recomeçar

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Viver é deixar viver!

Quantas coisas eu ainda vou provar
E quantas vezes para a porta eu vou olhar
Quantos carros nessa rua vão passar
Enquanto ela não chegar
Quantos dias eu ainda vou lhe esperar
E quantas estrelas eu vou tentar contar
E quantas luzes na cidade vão se apagar
Enquanto ela não chegar
Eu tenho andado tão sozinho que eu nem sei no que
acreditar
Que a paz que busco agora nem a dor vai me negar

Não deixe o sol morrer
Errar é aprender
Viver é deixar viver
Não deixe o sol morrer
Errar é aprender
Viver é deixar viver

Quantas besteiras eu ainda vou pensar
E quantos sonhos no tempo vão se esfarelar
Quantas vezes eu vou me criticar
Enquanto ela não chegar
Eu tenho andado tão sozinho que eu nem sei no que
acreditar
Que a paz que busco agora nem a dor vai me negar

Não deixe o sol morrer
Errar é aprender
Viver é deixar viver
Não deixe o sol morrer
Errar é aprender
Viver é deixar, é deixar, é deixar viver
É deixar viver
Viver é deixar viver

Novas pessoas!


Não faça isso com as pessoas, elas têm sentimento, elas amam, elas sentem saudade, elas sonham e elas AINDA acreditam nas pessoas. Quando elas se tornarem arrogantes, duras de coração, raivosas, orgulhosas e feridas sinta-se culpado (a) por essa nova pessoa que você "criou". Nós somos responsáveis por aquilo que cativamos, e se isso não era o objetivo (da magoa), tenho certeza que não é o que seu coração e seus olhos estão revelando.

Saudade! II

Como é angustiante saber que a saudade vai bater
assim que as lembranças começarem vir a tona!
Como é dificil falar sobre A Saudade e como é dificil achar uma tradução
para cada tipo de saudade que sentimos!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Saudade!

Você nem levou fé, mas era mesmo verdade
Aquela idéia que eu te dei quando eu falei de saudade!!

domingo, 2 de agosto de 2009

Detalhes


No Fantástico desse Domingo (02/08/2009), passaram uma reportagem em câmera lenta de momentos do hipismo e vôlei, detalhes de cenas. Como gostaria que na vida pudéssemos parar ou ver por vários instantes momentos que nos fazem bem. Aquele momento especial, inesquecível, o beijo na bochecha que gostaria que durasse um século não um segundo, o abraço que poderia ficar uma vida, o perfume que não precisava mais sair da roupa, o olhar que pára por alguns segundos seu coração. Detalhes!

PS¹: Bel roncando do meu lado;
PS²: não Esnoba!

Música II

E aí, menina? Tudo, por aqui tudo tranqÂ’
To assim tipo no ritmo daquela do Skank
Deixo a vida me levar pra onde a vida quiser
Mas às vezes também vou pra onde a vida não quer
E você? Tudo certo contigo?
A cabeça no pescoço e o piercing no umbigo
Aí que mora o perigo
Deus castiga, mas eu sei que você vale o castigo
Deixa quieto (deixa quieto)
Deixa quieto (deixa quieto)
Cê sabe que eu sou mais que discreto
Nunca mais falei contigo, mas te vejo direto
Te gravei na retina, nem lá na Capela Sistina
Vi uma imagem tão bonita refletida no teto
Deixa quieto, menina, cê sabe que eu te achei gente fina
Não é só papo de cama, sauna e piscina
Você nem levou fé, mas era mesmo verdade
Aquela idéia que eu te dei quando eu falei de saudade

Vem, vem sentir o calor dos lábios meus
(E se você me chamar e se você me chamar)
Vem, vem sentir o calor dos lábios meus

Não levo jeito pra isso, cê me conhece
Com a gente é sem compromisso e sem stress
Quando é pra ser, já é
Quando não é, tudo bem
Sou todo seu, mas ninguém é de ninguém (demorô)
Quando é que a gente vai se encontrar pra conversar
Um pouquinho e depois parar de falar?
Acho que sexta eu vou colar lá no pico
Se você brota do meu lado é do teu lado que eu fico
Eu chego devagar, você sabe que eu chego
Depois da meia-noite eu me transformo em morcego
Cê sabe que eu to sosseÂ’, cê sabe que eu to sosseÂ’, tô sim
Você olha pra mim, já acabou meu sossego
Vai com aquele decote (meu coração) já ta batendo mais forte
Eu vou voar no cangote, ainda nem virei morcego e já tô pronto pro bote
Demorô então, vem

Vem, vem sentir o calor dos lábios meus (se tu soubesse)
Vem, vem sentir o calor dos lábios meus

Meu coração não sei por que quando te vê
Sempre me diz pra te dizer que com você fico feliz de verdade
Nosso contrato não tem cláusula de exclusividade
E a gente tem compromisso, mas é com a felicidade
E se você me chamar, eu vou correndo
E se você me chamar, eu já tô lá
Você me pede sorrindo que eu já tô rindo e fazendo
Qualquer coisa cê grita, mas nem precisa gritar
Qualquer coisa cê grita, vê que noite bonita
Quando entrei no chuveiro, me lembrei dessa fita
A gente viu esse filme, não me lembro do fim
Mas a trilha sonora era mais ou menos assim
Aquele som do tubarão quando ataca
Aquele som do Psicose, aquela cena da faca
Alguma coisa parecida com o batuque do surdão da torcida
Quando o meu time é campeão no Maraca

Vem, vem sentir o calor dos lábios meus
Vem, vem sentir o calor dos lábios meus
Meu coração não sei por que (e se você me chamar)
Bate feliz quando te vê (e se você me chamar)
(E se você me chamar) serei feliz, feliz

Gabriel, O Pensador - Deixa Quieto

Músicas

Você não quer ver nada além do seu umbigo
E eu quero ver o que há depois do perigo
Você acha que ninguém sofre mais do que você
Talvez porque não saiba ao certo o que é sofrer
Ando pelas ruas cheirando a fumaça dos motores
Enquanto você fantasia suas dores de amores

Você não quer ver nada além
Que ninguém ensina nada a ninguém
Você não quer ver nada além
Que ninguém ensina nada a ninguém

Você não quer ver nada além do seu mundinho
E eu prefiro escrever meu próprio caminho
Você acha que ninguém sofre mais do que você
Talvez porque não saiba ao certo o que é sofrer
Você sonha ser princesa em castelos fabulosos
Enquanto eu vago na cidade entre inocentes e criminosos

Fique com os seus bonsais, seus haicais
Sua paz, suas flores, seu jardim de inverno
Se isso é céu
Eu prefiro meu inferno

Porque você não quer ver nada além
Que ninguém ensina nada a ninguém
Você não quer ver nada além
Que ninguém ensina nada a ninguém

Frejat - Nada Além
Web Analytics