quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013


Mais um ano de muita felicidade e conquistas na minha vida! 2.5!

domingo, 24 de fevereiro de 2013


“Cuidado com seus pensamentos, podem se tornar palavras. 
Cuidado com suas palavras, podem se tornar ações. 
Cuidado com suas ações, podem se tornar hábitos. 
Cuidado com seus hábitos, podem se tornar seu caráter. 
E cuidado com seu caráter, ele pode se tornar seu destino. 
Nós nos tornamos o que pensamos. 
Margaret Thatcher - A Dama de Ferro 
“Sou forte. Meio doce e meio ácida. Em alguns dias acho que sou fraca. E boba. Preciso de um lugar onde enfiar a cara pra esconder as lágrimas. Aí penso que não sou tão forte assim e começo a olhar pra mim. Sou forte sim, mas também choro. Sou gente. Sou humana. Sou manhosa. Sou assim. Quero que as coisas aconteçam já, logo, de uma vez. Quero que meus erros não me impeçam de continuar olhando para a frente. E quero continuar errando, pois jamais serei perfeita (ainda bem!). Tampouco quero ser comum e normal. Quero ser simplesmente eu. Quero rir, sorrir e chorar. Sentir friozinho na barriga, nó no peito, tremedeira nas pernas. Sentir que as coisas funcionam e que tenho que trocar de jeito quando insisto em algo que não dá resultado. Quero aprender e, ainda assim, continuar criança. Ficar no sol e sentir o vento gelado no nariz. Quero sentir cheiro de grama cortada e café passado. Cheiro de chuva, de flor, cheiro de vida. Aprecio as coisas simples e quero continuar descomplicando o que parece complicado. Se der pra resolver, vamos lá! Se não dá, deixa pra lá. A vida não é complicada e nem difícil, tudo depende de como a gente encara e se impõe. Quero ser eu, com minha cara azeda e absurdamente açucarada. Não quero saber tudo e nem ser racional. Quero continuar mantendo o meu cérebro no lugar onde ele se encontra: meu coração. E essa é a melhor parte de mim.”

sábado, 16 de fevereiro de 2013


(...) Saber desistir. Abandonar ou não abandonar — 
esta é muitas vezes a questão para um jogador. 
A arte de abandonar não é ensinada a ninguém.
E está longe de ser rara a situação angustiosa ,
em que devo decidir se há algum sentido em prosseguir jogando.
Serei capaz de abandonar nobremente? 
Ou sou daqueles que prosseguem teimosamente
esperando que aconteça alguma coisa?

Clarice Lispector - Um sopro de vida

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

"Traz nas asas um novo dia 
Me ensina a caminhar..."

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Algumas pessoas a gente nem imaginava que existiam, mas, meu Deus, que agrado bom é para a alma descobrir que vivem. 
Ana Jácomo

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013


A vida voa na sua cara, esbarra no seu rosto, suja sua vaidade, corrompe suas certezas, e você não pode fazer nada. A não ser lavar o rosto e começar tudo de novo.
Hannah Mayria
Web Analytics